Dicas de Nutrição

Respeite o apetite da criança (ou a falta dele).

Chegou o momento da refeição e seu pequeno diz estar sem fome, não é recomendado que se force uma refeição ou um lanche. Ainda, não pressione a comer determinados pratos, ou a esvaziar o prato quando sentir-se satisfeita.

Esse comportamento pode promover uma luta pelo poder sobre o prato. É preciso que a criança aprenda a respeitar os sinais de fome do seu corpo. Evite também o exagero da precisão dos horários: às vezes, dependendo da alimentação anterior, o pequeno deseja comer um pouco antes ou depois do horário determinado.

É importante servir pequenas porções para estimular que a criança procure voluntariamente por mais alimento, entendendo que ainda não está satisfeito.

Por último, é importante ressaltar que as crianças podem alternar dias de muito apetite com dias de pouco volume, o que depende de inúmeros fatores. O importante é assegurar que estejam crescendo normalmente.

 

Nutricionista Glaucia Triaquim Anderle

CRN 8 9849